11ª edição da Feira do Livro destaca a importância da leitura no cotidiano

Luiz Fernando Velho – Redação Grupo Catarinense de Rádios
Começou hoje dia 05 e vai até o próximo dia 15 de outubro a 11ª da Feira do Livro de Criciúma, na Praça Nereu Ramos.

Com uma programação cultural, oficinas gratuitas e palestras durante todo evento.  O tema da feira deste ano é “A importância da leitura, conscientização e suas possiblidades no cotidiano”.  São aproximadamente 20 mil títulos para todas as idades, espalhados pelos 12 estandes da feira e com os mais diversos preços.

Melissa Vieira Fernandes, mãe do pequeno Michel de apenas quatro anos. Sempre incentiva o filho a ler.

– Desde bebê já comprava livro para ele, mesmo ele não entendendo muito. Por isso que eu faço questão todo ano vir à feira com ele, comprar um livro. O livro é cultura, eu acho muito importante. Os livros na minha casa ficam ao alcance, como fica a televisão, o computador, destaca Melissa.

Mas na feira encontramos muito mais que livros, um dos estandes que chama a atenção é da Cirandarte, que traz brinquedos da época dos nossos pais, como bilboquê, o dominó chinês, resta um, entre outros.

Para o Walmor Nascimento, proprietário da Cirandarte, o objetivo principal é resgatar os jogos de antigamente, fazendo com que as crianças de hoje interajam com o brinquedo, saindo um pouco do virtual.

Clarissa Figueiredo tem dois filhos de seis e dez anos, e acha importante o contato das crianças com esses brinquedos antigos.

– Com esses brinquedos, as crianças saem do mundinho do vídeo game, televisão e estimula a coordenação motora e a imaginação, ainda mais elas que estão muito no automático.

E quem passou pelos estandes da 11ª edição da Feira do Livro, era convido a escolher uma poema, essa intervenção artística, é um projeto do SESC Criciúma chamado POESIA AO PÉ DA LETRA, realizado pelo grupo Encantados Contadores, que distribui poesias gratuitamente para as pessoas.

Na quinta-feira (6), a palestra “Por um Brasil de leitores”, ministrada pela consultora do Projeto Bom de Ler, Regina Teixeira, pela representante do Instituto Parati, Letícia Back, irá tratar sobre os desafios do projeto Bom de Ler na formação de novos leitores. O evento ocorre das 9h30 as 10h30, na Casa da Cultura Professora Neusa Nunes Vieira.

Já na sexta-feira (7), um bate papo sobre os novos rumos do jornalismo com o colunista do Diário Catarinense, Rafael Martini, deverá movimentar o local. A escritora, Tatiana Kinoshita e o cartunista, Zé da Silva, também realizarão uma tarde de autógrafos e lançamento do livro “O que já mais dizer a uma mulher grávida”. A ação ocorre a partir das 13h30, na Praça Nereu Ramos.

Compartilhe com seus amigos!